Conheça os alimentos mais ricos em proteína

A proteína é um nutriente indispensável para o ser humano. Por isso, conhecer os alimentos que possuem uma quantidade significativa de proteína é imprescindível para manter seu corpo funcionando adequadamente. Neste artigo, você vai conhecer os alimentos mais ricos em proteína.

Alimentos com muita proteína

A proteína é uma molécula formada por aminoácidos que possui um papel fundamental no processo de crescimento, reparo e manutenção dos músculos, pele, cabelo, tecidos e órgãos. Em outras palavras, um nutriente essencial para o funcionamento do nosso corpo.

Ela pode ser identificada em alimentos de origem animal e em alimentos de origem vegetal, sendo, por isso, um nutriente fácil de ser encontrado e ingerido, inclusive, em dietas vegetarianas e veganas.

Além dos benefícios mencionados, a proteína, seja ela de origem animal ou vegetal, deve ser um nutriente priorizado para quem pratica alguma atividade física e busca resultados no treino.

Afinal de contas, o consumo de proteínas depois do exercício é importante para evitar lesões e ajudar na recuperação e crescimento muscular.

Por isso, que tal conferir uma lista dos alimentos mais ricos em proteína disponíveis por aí?

Quais são os alimentos com muita proteína?

1.  Alimentos de origem animal

A proteína encontrada nos alimentos de origem animal possuem um alto valor biológico, desse modo, os alimentos mais ricos em proteína serão os de origem animal. Embora a combinação certa dos nutrientes encontrados no mundo vegetal também alcançam o alto valor biológico esperado.

2.  Ovo

Proteína ovo

Um único ovo pequeno, que pesa aproximadamente 50g, tem o equivalente a 6 gramas de proteína.

3.  Peito de frango

Proteína peito frango

Uma porção de 100 gramas de peito de frango equivale a 32,8g de proteína.

4.  Carne vermelha

Proteína carne vermelha

Um bife de carne vermelha contém 26 gramas de proteína.

5.  Atum

Proteínas atum

Em 100 gramas de atum é possível encontrar 25,7g de proteína.

6.  Peixe

Proteínas peixe

Uma porção de 100 gramas de qualquer peixe equivale a 19,2g de proteína.

7.  Camarão

Proteínas camarão

Uma quantidade de 100 gramas de camarão contém 17,6g de proteína.

8.  Derivados do leite

Proteínas derivados leite

100 gramas de queijo, de qualquer tipo, têm geralmente 26g de proteína. Enquanto um copo de iogurte desnatado possui 11g e 1 copo de leite, 8g.

9.  Alimentos de origem vegetal

Para potencializar os nutrientes dos alimentos de origem vegetal basta combiná-los entre si. Dessa forma, é possível consumir uma proteína com o mesmo valor biológico encontrado em alimentos de origem animal. Inclusive, o nosso tradicional arroz com feijão é um exemplo perfeito dessa combinação.

10.  Amêndoas

Proteínas amêndoas

Uma porção de 100 gramas de amêndoas contém 21,6g de proteína. A mesma quantidade de amendoim, 25,4g. Nozes, 16,7g. Castanha do Pará, 14,5g.

11.  Leguminosas

Proteínas leguminosas

Uma porção de 100 gramas de grão de bico contém 21,2g de proteína. A mesma quantidade de quinoa, 12g. Lentilha, 9,1g. E 100 gramas de feijão, 6,6g de proteína.

12.  Grãos

Proteínas grãos

Uma porção de 100 gramas de soja contém 12,5g de proteína. Já 100 gramas de ervilha equivale a 6,2g do nutriente.

13.  Sementes de abóbora

Proteínas semente abóbora

Uma porção de 28 gramas de semente de abóbora equivale a 9g de proteína.

E então, se surpreendeu com a quantidade de proteína que podemos encontrar nos mais diversos alimentos? Garanto que a quantidade de proteína vegetal surpreendeu, não é mesmo?

Inclusive são, justamente, os alimentos de origem vegetal que possuem mais proteína e pouca gordura, viu? Junção perfeita para uma refeição pós-treino!

Mas, para contemplar, ainda dentro dessa categoria, podemos citar o peito de frango, o peito de peru e a clara de ovo como alimentos de origem animal com muita proteína e pouca gordura.

Já no quesito alimentos baratos com muita proteína, podemos ressaltar os ovos e as leguminosas. Eles são acessíveis e com uma porcentagem de proteína incrivelmente alta. O seu corpo e o seu bolso agradecem, hein.

Agora, com essa lista de alimentos com muita proteína em mãos, você pode organizar o seu calendário alimentar e usufruir dos benefícios do nutriente sem enjoar do que você come. Ufa, dessa vez quem agradece é o seu apetite, concorda?

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

4 Respostas

Deixe seu comentário