Pós-treino: o que comer depois de um treino

Para ajudar na recuperação do seu corpo, após o seu treino e demais práticas de exercícios, aprenda o que comer pós treino.

o que comer pós treino

Entenda o que comer pós-treino, pois há diferenças entre o que devemos comer no pós e no pré-treino, pois, quando vamos praticar atividades físicas, o corpo precisa de energia para ajudá-lo a conseguir concluir os exercícios, e isso é feito mediante a ingestão de alimentos mais calóricos - porém saudáveis! - como carboidratos, por exemplo.

Regra geral:

  • Pré-treino: carboidrato, fonte de energia;
  • Pós-treino: proteína+carboidrato, combo para recuperação da musculatura.

Entretanto, fica sempre o alerta: você precisa consumir as quantidades de acordo com o seu gasto energético, a fim de que atinja os seus objetivos e, para isso, é importante consultar um nutricionista para te ajudar a montar uma rotina alimentar adequada com a sua rotina.

De qualquer maneira, quem gasta energia praticando atividade física (e todas elas queimam calorias) precisa entender o que comer no pós-treino. Assim, é importante entender o que acontece com a sua musculatura, a fim de que você possa fornecer os alimentos adequados e ajudar a recuperá-la mais rápido e facilmente, mantendo todo o seu organismo saudável e em perfeito funcionamento.

Se você tem dúvidas sobre o que comer pós treino para perder gordura, para hipertrofia, para prática de musculação (e, portanto, para ganhar massa magra), vamos fazer uma lista de alimentos proteicos, a fim de te ajudar nesta missão.

O músculo que foi trabalhado sofre microlesões e reage com um processo inflamatório, por isso a dorzinha que se sente nos dias seguintes à prática da atividade. Contudo, não se assuste, isso é normal e faz parte do processo de hipertrofia muscular, ou, em outras palavras, somente assim se ganha massa magra.

O que você deve, entretanto, fazer é se alimentar corretamente, para auxiliar o seu corpo a acabar com essa dorzinha e voltar ao normal o quanto antes. Diante disso, não pense que somente as proteínas são benéficas, neste caso. Elas são, sim, de modo geral, como dito acima, a maior parte do que se deve consumir. Mas combinar essa proteína com algum carboidrato, também é excelente para recuperar as lesões provocadas com o exercício.

Essa combinação aumenta os processos de geração de glicogênio, que vai recuperar rapidamente as reservas perdidas durante o treino e ajudar a acabar com a dor muscular pós-treino.

Conheça algumas combinações poderosas:

  • Avocado toast: combinar uma torradinha de carboidratos saudáveis com abacate e ovo é um excelente alimento para o pós-treino. Contudo, conheça as quantidades apropriadas para o seu gasto calórico;
  • Feijão: com planejamento, é fácil deixar prontinho bolinhos de feijão, por exemplo. E esta é uma fonte tanto de carboidrato, quanto de proteína;
  • Iogurte integral com aveia: opte pelos iogurtes naturais, sem açúcar e sem gordura e acrescente um pouco de aveia, para formar o combo com um carboidrato saudável.

o que comer pos treino para perder gordura

Há muitas outras combinações que você pode comer no pós treino para perder gordura, para hipertrofia e/ou musculação para ganhar massa magra e, ainda, para acabar com a dor muscular pós treino.

O que importa é que você, ao longo do dia, consuma alimentos de forma saudável, sem excessos e sem restrições. Não vai adiantar você se preocupar apenas com a alimentação pré e pós atividade física. O que importa é manter o seu corpo sempre nutrido. Mas quando for pra academia e retornar dela, dê atenção, em quantidades moderadas, para os alimentos listados aqui.

Se você não foi, ainda, procurar um nutricionista, a dica é adaptar as quantidades dos alimentos de acordo com o horário do seu treino: por exemplo, não vai comer arroz com feijão num pós-treino matinal, mas o iogurte com aveia cai super bem.

Não vá se alimentar demais a ponto de ficar sem fome na próxima refeição: todas são importantes. Mantenha isso em mente.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

3 Respostas

Deixe seu comentário