Como funciona o Chip de cronometragem de corrida?

Entenda como é feita a contagem do tempo da corrida de rua e saiba qual a melhor forma de posicionar o seu chip de cronometragem

Cronometragem de corrida de rua

A cada ano, a tecnologia dá mais um passo - e isso não seria diferente no ramo esportivo. De tempos em tempos, surge algo inovador, para garantir que os resultados sejam mais precisos e exatos, da forma mais rápida possível.

O atletismo é a modalidade que mais se beneficia da tecnologia, pois os seus sistemas são aprimorados com frequência.

Atualmente, podemos mencionar a entrega do kit de cronometragem de corrida de rua, que fornece um chip, sendo possível prendê-lo diretamente no cadarço do tênis do corredor.

É através desse chip que serão detectados os momentos em que os atletas passam pelo tapete de cronometragem, posicionados de forma estratégica no percurso, emitindo relatórios rápidos de desempenhos e resultados.

Em grandiosos eventos, como as Olimpíadas, a tecnologia é muito mais avançada, mas também é mais cara. Conforme esses sistemas evoluem, tornam-se mais acessíveis para chegar até nós, atletas de todas as categorias (dos amadores aos profissionais).

Por enquanto, a cronometragem de corrida feita através dos chips, tem revolucionado as competições e tornaram-se essenciais, sendo difícil pensar em um evento sem eles.

É através desse chip que a organização do evento esportivo tem acesso a todas as marcas registradas dos atletas, para controlar o tempo percorrido e ajudar em premiações.

Essas informações, como já mencionamos, passam pelos tapetes de cronometragem, que fazem as marcações e tornam possíveis todos os cálculos de tempo, velocidade e colocação do corredor de forma categórica.

Como funcionam os sistemas de cronometragem de corridas?

Um pouco antes da corrida começar, é entregue um kit, para os atletas, contendo o seu chip de cronometragem. Esse chip pode ser descartável ou retornável.

Em cada um, há um código de registro, cadastrado antes de ser entregue e é acionado quando o atleta passa pelos tapetes de cronometragem, espalhados no trajeto, fazendo a leitura na largada e ao final da corrida.

Você deve estar se perguntando: o que é um tapete de cronometragem de uma corrida, certo? Bom, ele é um tapete disposto no chão do trajeto, estando de forma posicionada tanto na largada quanto no fim do percurso.

Em alguns casos, pode aparecer no meio do caminho, para que não haja desvios por parte dos atletas. É o tapete de cronometragem que contém o sistema que inicia, finaliza e calcula todos os dados do chip de cada corredor.

Se você quer saber como funciona chip de cronometragem corridas, segue com a gente.

Chip retornável versus chip descartável

Chip retornável

No chip retornável, há um código de sete caracteres que, na largada, os tapetes de cronometragem fazem a leitura, enviam para o computador e iniciam o cálculo do tempo de corrida - entre a linha de largada e a linha de chegada.

Esses devem ser entregues ao final da corrida, pois têm um preço um pouco mais alto e a sua não devolução acarreta no pagamento de uma taxa, conforme as regras de cada evento.

Chip descartável

O chip de corrida descartável funciona da mesma maneira que os retornáveis, mas são mais sensíveis e de custo inferior, não precisando ser entregue ao fim da prova.

Cronometragem

Ao receber o seu chip com o registro, verá que nele constam dois tempos: o tempo bruto e o tempo líquido.

Tempo líquido

O tempo líquido é o tempo real (cronológico do relógio), desde o momento em que o atleta passa pelo tapete de largada até cruzar pelo próximo tapete, na linha de chegada.

Tempo bruto

A contagem do tempo bruto começa no momento em que a sirene da largada toca.

Por exemplo: um atleta amador que sai mais atrás, demora um pouco mais para passar a linha de largada - e pode ter diferença de segundos, ou até minutos, em relação ao tempo líquido.

Como colocar o chip de cronometragem

Como colocar chip cronometragem

O chip retornável é muito simples de ser colocado e não costuma dar problemas. É só passar o cadarço do seu tênis por entre os furinhos do equipamento e desenvolver um nó ou laço forte, para que não solte.

O chip descartável é um pouco mais sensível e precisa de delicadeza, não podendo ser dobrado ou amassado e deve ser sempre posicionado na vertical, para contar o seu tempo da forma correta.

Nunca coloque o seu chip na lateral ou atrás do tênis, braços ou bolsos. Ele foi feito para ser colocado acima do seu tênis de corrida.

E aí, você já usou esta tecnologia? Ela está cada vez mais ganhando atenção nos eventos esportivos, pela facilidade de calcular os tempos, evitando erros e sendo ferramenta indispensável para o fair play, essencial no mundo esportivo.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

4 Respostas

Deixe seu comentário