Pisada supinada, neutra ou pronada? Saiba qual é a sua

Você sabia que existem diferentes tipos de pisada e que elas influenciam na sua prática esportiva?

Saiba seu tipo de pisada

Para todos os atletas que praticam qualquer tipo de corrida, é importante saber detalhes sobre o próprio corpo que, de outra forma, nunca iriam descobrir. O tipo de pisada é um desses detalhes. Essa característica é determinada pela anatomia de cada corpo, podendo ter um dos três tipos de pé: normal, plano e cavo.

Pé normal, cavo ou plano

O tipo normal é o mais comum, eis o porquê de levar o nome "normal". Quem tem esse tipo de pé tem o peso do corpo melhor distribuído ao longo de todo o pé, ou seja, é mais equilibrado. O pé plano (ou chato) é reto e toca o chão quase completamente. Por último, o pé cavo quase não toca o chão, sendo bastante curvado.

tipos de pés (normal, cavo ou plano)?

Todos esses são detalhes ajudam a entender qual o tipo de pisada que você tem. Além disso, a disposição dos joelhos também pode influenciar esse fator e aqui temos duas divisões: joelho valgo e joelho varo. O primeiro trata-se de uma perna com aproximação das articulações e afastamento dos pés (pernas para dentro); o segundo, tem as articulações para fora e arqueamento das pernas.

Mais do que isso, o ângulo dos quadris e flexibilidade das articulações são fatores determinantes, juntamente do equilíbrio dos músculos, no estilo de pisada que uma pessoa tem. Vamos agora ao que interessa: os tipos de pisada.

Pisada neutra

O que é essa pisada?

A pisada neutra caracteriza-se por usar a parte da frente do pé para impulsionar o passo. Ou seja, ela possui um posicionamento que favorece a distribuição de peso do corpo de maneira bem equilibrada. É um tipo bastante comum de pisada encontrado na população mundial (e considerado o tipo mais correto pelos ortopedistas).

Como é essa pisada?

Ela começa com um impulso na parte de fora (externa) do calcanhar e faz o pé girar ligeiramente para dentro, terminando com o centro da planta do pé.

Pisada pronada

O que é essa pisada? Característica por ser comum entre atletas, é quando a parte interna do pé encosta no chão primeiro para fazer o apoio do peso do corpo.

Como é essa pisada? Ao tocar o chão com a parte externa do calcanhar, o pé faz uma rotação considerável para dentro, terminando a passada próximo ao dedão.

Observação: quem tem esse tipo de pisada pode perceber um desgaste maior na lateral interna dos calçados que usa.

Pisada supinada

O que é essa pisada? A pisada supinada tem por característica ser o oposto da pisada pronada. Ou seja, o impulso se dá usando a parte externa do pé. Poucas pessoas tem esse tipo de pisada e costuma ser em quem tem o tipo de pé cavo.

Como é essa pisada? Ela começa a passada no calcanhar e terminar no dedinho mínimo, mantendo o lado externo do pé sempre em contato com o chão.

Observação: os tênis de atletas com essa pisada irão aparentar mais gastos no lado de fora.

Como descobrir o seu estilo de pisada

Tipos de pisada: Supinada, pronada ou Neutra

Idealmente, seria necessário algumas visitas ao médico ortopedista e também ao fisioterapeuta para identificar o estilo de pisada. Porém, vamos explicar uma maneira fácil de identificar o seu estilo: observando os desgastes na sola do tênis. De preferência, algum tênis que tenha o mesmo suporte em ambos os lados da entressola.

Se for um desgaste uniforme, a sua pisada é a neutra. Se for desgastada na parte interna, como mencionamos anteriormente, trata-se da pisada pronada e, se for na parte externa, é a pisada supinada.

Outro meio viável de fazer sozinho em casa é molhando a sola do pé e pisando em cima de um papel para observar a marca deixada.

Por que é importante identificar o tipo de pisada?

Os tipos de pisada podem influenciar na sua postura e práticas esportivas, podendo até mesmo causar lesões. Por conta disto, sabendo se a sua pisada é neutra, pronada ou supinada, o acompanhamento de um especialista é fundamental para avaliar o físico e ter certeza que você está executando o movimento certo.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

6 Respostas

Deixe seu comentário