Como respirar na corrida: técnicas de respiração para correr

Aprender como respirar na corrida é muito importante para tirar o melhor proveito desse esporte. Confira algumas técnicas de respiração para correr que farão seus treinos mais eficientes!

Como respirar técnica corrida

Aprender como respirar na corrida é importante não apenas para quem está começando nesse mundo esportivo, mas também para quem quer aprimorar seu desenvolvimento nos treinamentos.

A ligação entre a respiração e o sistema cardíaco faz com que, saber respirar melhor ajude a cansar menos durante o treino.

Muitos atletas têm a preocupação em tonificar os músculos e melhorar seu condicionamento físico, mas grande parte esquece que a respiração eficiente torna essas tarefas bem mais fáceis. Quanto mais controlada for a respiração, mais fácil será o trabalho das pernas durante a corrida. Isso acontece porque, tendo esse controle, o oxigênio flui melhor no corpo.

Saber como controlar a respiração na corrida, inspirando e expirando da maneira correta, é essencial, independente do seu objetivo com o esporte. Pode ser desafiador conseguir controlar e acertar o ritmo enquanto estiver correndo, por isso, selecionamos algumas dicas de técnicas de respiração para correr.

Respirar pela boca

Muitas pessoas podem achar estranho e incorreto respirar pela boca quando está correndo, mas, na verdade, essa é uma das estratégias possíveis para otimizar os treinos do atleta. É válido notar que cada pessoa se adapta e se sente melhor utilizando um determinado tipo de respiração, não existe apenas uma maneira correta.

E por que esse tipo de respiração é recomendado?

Respirar pela boca garante uma maior quantidade de oxigênio entrando no corpo, então isso ajuda a realizar o esforço do exercício. Contudo, algumas pessoas podem se sentir desconfortáveis e até mais cansadas respirando dessa maneira, por não conseguirem inspirar e expirar acompanhando o ritmo das passadas.

Caso você tenha esse tipo de dificuldade, pode tentar alguma outra estratégia de respiração, como a seguinte:

Respirar com a barriga

Acredite ou não, essa maneira de respirar não está errada. É comum encontrar quem diz que o certo é respirar pelo peito ao invés de pela barriga, mas, na verdade, ao respirar pela barriga (também conhecida como respiração abdominal), uma quantidade maior de oxigênio consegue entrar e ser absorvida pelo corpo humano.

Então, durante a corrida, essa é uma ótima estratégia para evitar cansar rápido demais. Para aprender a respirar dessa maneira, você pode deitar no chão e colocar a mão na barriga para sentir o ar entrando e saindo. Treine dessa maneira até se sentir apto a aplicar essa técnica de respiração durante a corrida.

Respiração ritmada

Para estabelecer um ritmo na respiração enquanto estiver treinando a corrida, é preciso contar as passadas. Não importa se estiver fazendo uma corrida com velocidade ou apenas trotando, basta contar os passos e sincronizá-los com as inspiradas e expiradas que dá. Por exemplo, inspire em dois passos e expire em outros dois.

Cada pessoa vai estabelecer seu próprio ritmo, alguns farão uma ou duas passadas enquanto outros podem chegar até quatro passadas. Depende da velocidade e experiência que cada corredor tem.

Dicas para melhorar a respiração

Para realizar treinos cada vez mais eficientes, não basta aprender como melhorar a respiração na corrida, mas também fazer algumas coisinhas extras para complementar esse aprendizado, como as seguintes:

Prestar atenção desde o início do treino

Quando você está apenas começando, ao fazer o alongamento e aquecimento, já comece a notar a sua respiração. Nesse momento, ela estará mais calma e, assim, conforme for aumentando a intensidade durante o treino, será mais fácil de procurar e estabelecer um bom ritmo.

Fortalecer o sistema respiratório

Há vários exercícios de pilates e, até mesmo de yoga, que podem ajudar a fortalecer os músculos utilizados para respirar (abdômen, diafragma, intercostais e paravertebrais).

Praticar natação

Natação também é um ótimo esporte para aprender a respirar bem e complementar seus treinos como atleta.

Aumentar a intensidade aos poucos

Se você ainda é um corredor iniciante, é bom lembrar que o seu ritmo de corrida precisa aumentar aos poucos. Não adianta querer correr 40km na primeira semana e correr o risco de acabar com lesões logo no começo.

Seja paciente e vá aprendendo aos poucos. Comece encontrando uma maneira de respirar durante a corrida que seja mais confortável para você.

Treinar em locais abertos e arejados

Para treinar corrida, você estará, provavelmente, ao ar livre, mas é interessante também procurar locais como parques municipais para fazer corridas mais tranquilas. Dessa maneira, a respiração fica mais agradável.

Não evitar a respiração curta e superficial

Apesar de que o ideal é tentar manter a respiração controlada, é completamente normal que o ritmo de inspirar e expirar mude de maneira a deixar a respiração mais acelerada e superficial.

Use esses momentos para praticar a respiração ritmada. Quando começar a perceber que está com essa aceleração da respiração, conte as passadas e tente estabelecer o ritmo de inspirar em dois passos e expirar nos dois próximos.

Cuidar com problemas respiratórios ou posturais

Não deixe de fazer uma visita a algum profissional da saúde para cuidar de condições, tais como asma, bronquite e desvios de postura. Os médicos e/ou fisioterapeutas saberão como orientar e podem sugerir treinos que se adequem a tais condições.

De maneira geral, é preciso estar sempre atento a própria respiração. Com o tempo e com muito treino, ela passará a acontecer de forma natural e, mesmo quando a intensidade dos treinos aumentar consideravelmente, você não se sentirá tão cansado ao realizar as corridas.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

6 Respostas

Deixe seu comentário