Dieta sirtfood: o que é, como funciona e como fazer?

A dieta sirtfood é baseada no consumo de alimentos ricos em polifenóis ativadores de sirtuína. A ativação dessa proteína pode trazer muitos benefícios. Confira!

Dieta sirtfood

A dieta sirtfood é baseada em alimentos acessíveis e baratos que a maioria das pessoas costuma comer — e que não exige uma restrição calórica muito severa, nem regimes de exercícios exaustivos.

O que é a dieta sirtfood?

Esse plano alimentar foi desenvolvido por nutricionistas ingleses, Glen Matten e Aidan Goggins, a fim de colher os benefícios dos alimentos do dia a dia nas quantidades certas e nas combinações ideais, para proporcionar emagrecimento e bem-estar.

Ela reúne os sirtfoods mais potentes do planeta, de uma forma simples e prática de comer, usufruindo dos seus compostos ativadores de sirtuína.

Para tornar os efeitos da dieta ainda mais poderosos, podemos incluir outros ingredientes saudáveis, como alimentos ricos em proteínas de leucina e peixes oleosos.

Mas, afinal, o que são sirtuínas?

São proteínas reguladoras de metabolismo, que controlam a nossa capacidade de queimar gordura e permitem que o organismo permaneça saudável.

Essas proteínas podem ser ativadas por meio de restrição calórica, jejum e exercícios, mas existe uma outra maneira ainda melhor de obtermos isso: sirtfoods.

Quais os principais sirtfoods?

Esses alimentos maravilhosos são ricos em nutrientes capazes de ativar em nosso corpo as proteínas sirtuínas, imitando os efeitos da restrição calórica e do exercício.

Os estudos apontam que essas características são devido à presença de polifenóis, antioxidantes naturais, presentes nesses alimentos.

Então aí vai uma lista com os vinte principais alimentos da dieta Sirtfood:

  1. rúcula
  2. trigo sarraceno
  3. alcaparras
  4. aipo, incluindo suas folhas
  5. pimentas
  6. cacau
  7. café
  8. azeite de oliva extra virgem
  9. alho
  10. chá verde (especialmente matcha)
  11. couve
  12. tâmaras
  13. salsa
  14. escarola vermelha
  15. cebola roxa
  16. vinho tinto
  17. soja
  18. morangos
  19. cúrcuma
  20. nozes

Como é e como funciona a dieta sirtfood?

Ela é dividida em duas fases: a primeira fase consiste em duas etapas distintas, sendo a primeira mais intensa e envolvendo o consumo de até 1000 calorias diárias durante três dias, com ingestão de fibras e suco verde, para aumentar a saciedade.

A segunda etapa dura quatro dias, podendo consumir até 1500 calorias diariamente, mantendo as fibras e o suco verde.

A segunda fase, por sua vez, é realizada em 14 dias e o mais importante dela é manter sua dieta cheia de sirtfoods.

A melhor notícia é que você pode saborear uma taça de vinho tinto durante essa fase, já que o vinho é um sirtfood, devido ao seu conteúdo de polifenóis ativadores da sirtuína, especialmente resveratrol e piceatanol, e isso o torna a melhor escolha de bebida alcoólica.

Passo a passo da dieta Sirtfood

FASE 1

Dias 1 a 3

  • Três sucos verdes sirtfood ao dia
  • Uma refeição principal ao dia

Dias 4 a 7

  • Dois sucos verdes sirtfood ao dia
  • Duas refeições principais ao dia

Tome os sucos em horários diferentes do dia (por exemplo, na primeira hora da manhã, no meio da manhã e no meio da tarde) e faça as refeições principais no horário que mais lhe convier (geralmente no café da manhã, almoço e jantar).

FASE 2

Dias 1 a 14

  • Três refeições ricas em sirtfood balanceadas ao dia
  • Um suco verde sirtfood ao dia
  • Um a dois lanches sirtfood opcionais ao dia

Tome seu suco verde bem cedo pela manhã, pelo menos trinta minutos antes do café da manhã, ou no meio da manhã.

Faça o possível para comer sua refeição da noite às 19h e limite sua ingestão de vinho a um copo durante as refeições, dois ou três dias por semana.

Após essas duas fases, recomenda-se manter a ingestão de sirtfoods. Lembrando que a dieta pode ser repetida em outros momentos, caso a pessoa sinta a necessidade.

Como fazer a dieta sirtfood?

Os 20 sirtfoods principais devem permanecer em destaque no prato, mas existem outras plantas com propriedades ativadoras de sirtuínas que também podem ser incluídas em nossas dietas para torná-las ainda mais diversificadas.

Uma dieta rica em polifenóis complementada pela inclusão de produtos de origem animal e peixes oferece todos os benefícios da ativação da sirtuína, além de possuir uma série de nutrientes que são essenciais para o nosso corpo.

Os veganos e vegetarianos devem se atentar aos nutrientes que podem estar faltando, escolhendo alimentos apropriados ou suplementando-os. Aqueles que seguem uma dieta sem glúten também podem usufruir do plano, já que os 20 sirtfoods são naturalmente livres de glúten.

E por último, mas não menos importante, pratique atividades físicas moderadas, sendo suficiente 30 minutos de exercícios, cinco vezes por semana, para estimular a máxima ativação da sirtuína.

Veja também:
Alimentos construtores: quais são e suas funções
Conheça os alimentos mais ricos em proteína
20 alimentos que aumentam a imunidade

Quais os benefícios da dieta sirtfood?

A dieta sirtfood é uma dieta de inclusão e não de exclusão. Sendo baseada em diversos alimentos gostosos e nutritivos, podendo ter inúmeros benefícios para o nosso organismo, tais como:

  • perda de peso;
  • queima de gordura e não de músculos;
  • saúde e bem-estar;
  • longevidade;
  • mais energia; e
  • menos risco de doenças crônicas.

E aí, gostou?

Lembre-se que a nossa relação com a comida é uma relação de afeto, por isso é importante que você se sinta bem fazendo qualquer tipo de alimentação. A nutrição não pode ter um impacto negativo em nenhuma faceta da vida. Cuide de você e do seu corpo!

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário