O que é treinamento resistido: conheça os principais benefícios

O treinamento resistido consiste numa combinação de exercícios físicos, para dar resistência para o corpo. Entenda, em detalhes, o que é treinamento resistido.

O que é treinamento resistido e benefícios

Para quem pratica exercícios físicos regularmente, principalmente esportes como corrida e natação, é importante conhecer e praticar estilos diferente de treinos, para trabalhar todos os grupos musculares, além de trabalhar diferentes elementos, como o fortalecimento e a resistência.

Os treinos de fortalecimento e resistência são semelhantes, complementares entre si e há, inclusive, exercícios em comum, que trabalham ambos elementos ao mesmo tempo.

O treinamento resistido é muito indicado para trabalhar a fadiga muscular, ou seja, para acostumar o corpo à atividade física e evitar o cansaço excessivo. É ótimo também para quem está começando a sair do sedentarismo, por exemplo.

Combinando os dois treinos (de força e resistência), é possível chegar a um resultado satisfatório, ganhando mais qualidade de vida e facilidade para realizar até as atividades simples do dia a dia, que costumam ser um pouco cansativas, como subir escadas, pegar o filho pequeno no colo, etc.

O que é treinamento resistido

Parece difícil entender o que é treinamento resistido, mas, na verdade é bem simples: este é um treinamento focado em criar resistência ao corpo.

Ou seja, treinar o corpo para que não fique tão cansado ou dolorido após exercícios básicos (até mesmo da vida cotidiana, como um simples subir de escadas).

Ele costuma ser realizado através de exercícios analíticos, com a utilização de pesos. A ideia é criar uma resistência progressiva, isto é, evoluir aos poucos com o passar do tempo.

Alguns dos materiais usados são: halteres; anilhas; e extensores, por exemplo. Mas há muitos outros materiais que podem ser benéficos para esse estilo de treino.

Quais os benefícios do treinamento resistido

Podemos começar logo apontado para a capacidade funcional do atleta, além do excelente condicionamento físico que ele desenvolverá.

Isto porque o ganho de força e resistência é essencial para um bom desempenho esportivo.

Algumas vantagens desse treinamento são:

  • Desenvolvimento de potência;
  • Força e resistência muscular;
  • Diminuição de gordura corporal;
  • Aumento da massa magra;
  • Melhor aptidão física e qualidade de vida.

Visto que esses benefícios são alcançados através de treinos específicos, é importante entender como funciona o resistido e, por isso, vamos dar alguns exemplos a seguir.

Mas ressaltamos que a melhor coisa a fazer é buscar um profissional da área que possa montar os treinos com você.

Exemplos de treinamento resistido

Quando se pensa nos princípios do treinamento resistido, precisamos ter a noção de que esse não é um treinamento para resultados rápidos. Ao invés disso, ele requer tempo para que o atleta comece a sentir os efeitos.

Esses treinos também são influenciados pelo tipo de exercício praticado, além da quantidade de repetições, intensidade e tempo de descanso entre exercícios. Lembrando, igualmente, da frequência com que os treinos são feitos.

Há alguns exemplos de treinamento resistido para você ter uma noção do que esperar. São eles:

1.  Circuito

Sequência de exercícios planejados, com intervalo mínimo entre equipamentos;

2.  Supersérie I

Quatro exercícios para o mesmo grupo muscular, sem intervalos, como, por exemplo: agachamento, leg press, afundo e cadeira extensora;

3.  Superlento

Execução de movimentos lentos com utilização de carga baixa.

Independentemente do tipo de treinamento resistido que você for praticar, os benefícios serão os mesmos para o seu corpo e bem estar.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário