Ventosa: o que é e como funciona

A ventosaterapia é a técnica que utiliza as ventosas para sucção da pele, melhorando a circulação sanguínea, reduzindo a tensão da coluna e soltando a musculatura. Confira mais sobre o assunto e tire suas principais dúvidas.

Ventosa

A ventosa é um instrumento semelhante a um copo que é utilizado na ventosaterapia, um tratamento que é conhecido por melhorar a circulação sanguínea, mas capaz de trazer muitos outros benefícios para o corpo. Essa técnica também é popular por liberar as tensões da coluna, sendo muito utilizada na lombar para soltar a musculatura.

As áreas que utilizam esse método são a Ortopedia e Fisioterapia, principalmente nas áreas desportivas. No Brasil, a prática está em expansão, por isso é importante sempre procurar por profissionais certificados e habilitados para o uso da técnica de forma adequada, por mais simples que ela seja, se aplicada sem conhecimento, pode gerar sérias consequências nas funções do organismo.

Ficou interessado? Então continue com a gente para conhecer como a ventosaterapia age no nosso corpo, quais benefícios ela traz e também suas contraindicações, realizando um tratamento seguro para a melhora da sua saúde e qualidade de vida.

5 principais dúvidas sobre ventosaterapia

1.  O que é ventosa

É um tipo de copo chamado “cups” que, quando entra em contato com a pele, produz um vácuo que promove a sucção responsável pelo tratamento de ventosaterapia, técnica que traz diversos benefícios para o corpo e para a saúde.

2.  Como as ventosas funcionam?

Quando ocorre o vácuo, o tecido da região sugada e tratada é liberado e o sangue recebe mais oxigênio. Esse efeito alivia a fadiga, tensão e dores musculares.

3.  Para que serve a ventosa?

O principal objetivo da ventosa na terapia é controlar a corrente sanguínea para que possa limpá-la através da sucção da pele, já que o sangue inflamado é “puxado” para “fora”, auxiliando na redução da tensão da coluna e diminuindo as dores na lombar.

4. Por quanto tempo fica a marca da ventosa no corpo?

O procedimento da ventosaterapia, como relatado anteriormente, costuma deixar alguns hematomas pelo corpo por conta da sucção da pele. Essas marcas costumam desaparecer da pele, geralmente, uma semana depois da aplicação.

5. Qual o significado da cor da marca da ventosa?

As cores das marcas deixadas pela ventosaterapia variam e cada uma delas está ligada à falta de oxigenação no sangue ou acúmulos de toxinas, sendo essas colorações as responsáveis pelo diagnóstico do que causa dor no paciente e como prosseguir o tratamento.

Benefícios e contraindicações da ventosaterapia

O tratamento com ventosas está cada vez mais popular devido aos seus benefícios contra a dor nas costas, inchaço nos braços, pernas e pés, dores nas articulações, aumento da circulação de sangue e da produção de líquido sinovial, além de auxiliar no relaxamento do corpo e da mente.

No entanto, há alguns grupos de pessoas que não podem realizar tratamento com ventosas, como é o caso de:

  • pessoas que apresentam trombose, tromboflebite, distúrbio hemorrágico, varizes, feridas, febre e fratura no local em que as ventosas serão aplicadas;
  • gestantes; e
  • quem possui pressão alta ou regiões de aplicação com pouca musculatura

Mesmo que a ventosaterapia seja positiva em diversos fatores, é necessário estar atento às contraindicações, pois nem todos podem realizá-la. Antes de agendar um atendimento, procure sempre um médico especialista e siga suas recomendações.

Pessoas que apresentam trombose, tromboflebite, distúrbio hemorrágico, varizes, feridas, febre e fratura no local em que as ventosas serão aplicadas, grávidas, quem possui pressão alta ou regiões de aplicação com pouca musculatura não podem realizar a ventosaterapia.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário