Como a dorsiflexão otimiza sua corrida

Descubra o que é a dorsiflexão, a influência que tem sobre a sua atividade física e como melhorar a sua mobilidade.

Dorsiflexão otimiza sua corrida

A mobilidade é uma das principais características de um atleta e, como se sabe, os tornozelos têm grande interferência, quando o assunto são articulações.

Os nossos tornozelos funcionam como os pilares da nossa casa e eles carregam todo o peso do corpo, por isso precisam ser fortes.

Afinal o que é a dorsiflexão?

A dosiflexão é o exercício que permite a movimentação das articulações do tornozelo. Como sabemos, o nosso tornozelo é como uma dobradiça capaz de se mover em dois movimentos: flexão plantar e dorsiflexão:

  1. Flexão plantar ou dorsiflexão do pé: exercício que movimenta os tornozelos para baixo, apoiando o peso do seu corpo na ponta dos pés.
  2. Dorsiflexão: exercício que movimenta os tornozelos para cima, quando se tenta esticar os dedos em direção a canela.

Esses exercícios possibilitam com que a canela e o tornozelo movam-se, em relação à posição dos pés, sendo uma das principais habilidades para que se alcance uma posição corporal correta e produção eficiente, em diversos exercícios físicos.

Com uma boa dorsiflexão do tornozelo, é possível atingir a postura correta e, com a coluna neutra, você consegue transmitir a força do core para a carga suportada.

Na corrida, ela ajudará a ter um melhor rendimento físico, desde as atividades de rotina até nas maratonas. A inflexibilidade pode prejudicar na execução de muitos movimentos e até mesmo causar lesões.

Teste de dorsiflexão

Se você tem dúvida se precisa ou não melhorar a sua dorsiflexão do tornozelo, existe uma maneira eficaz de descobrir: pistol!

Este é um dos exercícios mais avançados do crossfit, também conhecido como agachamento unilateral. Ele exige flexibilidade, equilíbrio e força nas pernas.

Para a execução do pistol:

  • Fique de pé, com as pernas unidas e as costas ereta;
  • A partir de então, levante a perna direita, deixando-a o mais paralelo ao chão possível;
  • Flexione o joelho esquerdo e vá descendo o corpo, lentamente, como um agachamento de uma perna só;
  • Se for muito difícil manter o equilíbrio, coloque os braços esticados em frente ao corpo. Quanto mais perto do chão os glúteos estiverem, melhor;
  • Mantenha a posição por 3 segundos.

Conseguiu se equilibrar sem sair da posição? Ótimo, sua dorsiflexão está em dia. Mas, caso não tenha conseguido, é necessário praticar mais!

Como realizar exercícios de dorsiflexão

- Dorsiflexão com caneleiras: nesse exercício, você pode estar de pé ou sentado e com os calcanhares apoiados, a fim de realizar a dorsiflexão. Para isso, fique com as pontas dos pés para cima – apoiando as caneleiras nas pontas dos pés, para impulsionar mais força.

- Dorsiflexão com faixas elásticas: deitado ou sentado e com os calcanhares apoiados, eleve uma das pernas e prenda o elástico no peito do pé. Segure ambas pontas do elástico, tencionando o pé para cima.

- Flexão plantar de pé: afaste os pés, deixando-os alinhados ao quadril, e eleve os calcanhares, ficando na “ponta dos pés”. Desça devagar, realizando um agachamento.

Se você está sofrendo para melhorar a articulação do seu tornozelo, pode iniciar as atividades utilizando uma bandagem para dorsiflexão.

Essa bandagem é uma fita que ajudará na estabilização do tornozelo, e é muito usada em esportes como futebol, vôlei e corrida. Antes da aplicação, limpe a pele e, se houver pelos, é importante depilar a área para que a fita fixe e tenha melhor durabilidade.

Benefícios do exercício

A prática de dorsiflexão ajuda a adaptar o corpo a realizar diversas atividades físicas, minimizando as limitações e diminuindo as dores na região do tornozelo. Além disso, ajuda a pisar da forma correta, evitando a sobrecarga da área.

Mais ainda, auxilia no agachamento, no tempo de resposta de uma posição para outra e no impacto com o solo, bem como no equilíbrio.

E aí, já tinha ouvido falar desse termo? Como anda a sua flexão nessa área? Se precisar, busque ajuda de um profissional, o negócio é lembrar de dar atenção pros tornozelos, também.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário