Grávida pode correr? Guia completo para gestantes!

Estar grávida pode gerar receios em relação à prática de esportes mais complexos e que exigem um grande esforço físico, como correr ou fazer musculação. Descubra quais as recomendações e o que é proibido nesta fase.

Gravida pode correr

Antes de responder de uma maneira generalizada se grávida pode ou não correr, é fundamental, primeiro, aconselhar que a gestante consulte o médico responsável pelo pré-natal.

Depois de ir à consulta e ter a liberação do profissional de saúde, é possível dar continuidade à prática do exercício físico, desde que já praticasse antes de engravidar.

Em outras palavras, é preciso saber que há um consenso na medicina que adverte que nenhuma grávida deve começar a praticar corridas ou atividades mais complexas durante a gestação.

Isso é, caso a gestante já tenha o hábito de praticar exercícios, ela pode e deve continuar com as atividades. No entanto, caso não seja praticante, não deve iniciar nenhum esporte durante a gravidez.

Pode correr durante o período gestacional?

Geralmente, se a gestante possui um histórico de atividades físicas, ela pode ser liberada para continuar com a prática, inclusive para correr no início da gravidez. Entretanto, é fundamental que, ao descobrir a gravidez, os exercícios sejam interrompidos imediatamente até a liberação do médico.

Os médicos costumam considerar segura a prática de corrida durante as primeiras 13 semanas de gestação, ou seja, durante os três meses iniciais.

Depois desse período, é fundamental que a gestante seja acompanhada por um profissional de educação física e, claro, pelo médico que acompanha o pré-natal.

Ao continuar com os exercícios, a gestante deve seguir um treino mais tranquilo e leve, permitindo que o corpo se adapte às mudanças e às novas exigências.

Sendo assim, as competições e maratonas devem ser realizadas apenas com intuito participativo.

É necessário que as rotinas de treinos sejam adaptadas a cada período gestacional, por isso procure por um profissional especializado em treinos de corrida para gestantes, de modo que a prática será muito mais segura.

Lembre-se de que, ao sentir qualquer sintoma, como dores abdominais, fadiga extrema, tonturas ou falta de ar contínua, você deve cancelar imediatamente os treinos e procurar o médico responsável pelo acompanhamento gestacional.

Também é aconselhável diminuir os exercícios físicos nos últimos meses de gestação, isso porque, com o aumento do peso devido ao crescimento do bebê, as articulações e o coração podem sofrer com a sobrecarga.

Por último, a gestante deve utilizar roupas leves e que evitem o calor excessivo durante a corrida, pois o excesso de calor pode desidratar e provocar desmaios.

Grávida pode correr na esteira?

Sim, desde que o equipamento possua uma largura razoável para que ela fique segura e não corra o risco de desequilibrar durante a atividade.

Além disso, a esteira precisa estar em um ambiente ventilado no qual a temperatura não chegue aos 38 graus, pois temperaturas acima dessa marca podem causar má-formação no feto nos primeiros meses de gestação.

Existem algumas dicas fundamentais para que o exercício seja realizado de maneira saudável e traga os resultados esperados, como diminuição do inchaço, redução dos hormônios que causam estresse e cansaço.

13 dicas para tornar esse momento seguro e saudável

  1. Mantenha-se hidratada durante e após as corridas.
  2. Use roupas leves e confortáveis.
  3. Caso não se sinta bem, não saia para correr.
  4. Em caso de tontura, pare imediatamente a corrida.
  5. Evite aglomerações e lugares quentes.
  6. Não corra na rua quando as temperaturas estiverem altas.
  7. Alimente-se bem antes da prática.
  8. Não exagere na intensidade dos treinos.
  9. Converse sempre com o médico responsável pelo pré-natal e informe a frequência e intensidade dos treinos.
  10. Siga as orientações de um profissional especializado em exercícios durante a gestação e procure correr apenas duas ou três vezes na semana para não sobrecarregar o corpo.
  11. Não corra mais que 1 hora.
  12. Faça alongamentos antes e depois da corrida.
  13. Comece sempre caminhando para depois correr, para que não haja sobrecarga nos joelhos.

Pode correr até quantos meses de gestação?

Seguindo todos os protocolos de cuidados, a prática da corrida pode ser realizada com total segurança por todas as gestantes em qualquer trimestre. Isto é, a grávida que estiver em condições saudáveis e tenha o hábito de correr durante toda a gestação, pode continuar com a atividade até o último trimestre.

Desde que esteja sendo acompanhada por profissionais e esteja respeitando os limites do corpo, é claro. As paradas para descansar devem ocorrer sempre que forem necessárias.

É aconselhável que, no último mês, a gestante dê preferência às caminhadas. Porém, caso não haja desconfortos, dores ou fadigas excessivas, a gestante pode continuar com a corrida desde que o percurso seja consideravelmente diminuído.

Lembrando que a prática de exercício deve ser realizada durante a gestação com o intuito de aliviar dores e mal-estar e não com o objetivo de bater recordes ou metas pessoais.

Por último, fique atenta a qualquer vestígio de sangramento vaginal, náusea, tontura, falta de ar, sensação de desmaio e aumento dos inchaços, pois esses podem ser alguns dos sinais de que a corrida pode estar sendo realizada de forma errada.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário