Como lacear um tênis e fugir desse desconforto

Confira algumas dicas para alargar aquele tênis que ficou apertado e tem impedido você de fazer os treinos com o conforto que merece.

Como lacear tênis

Quando a gente compra um tênis novinho em folha, isso só pode ser motivo para dar aquele ânimo aos treinos, não é? Acontece que, às vezes, esse mesmo tênis maravilhoso pode apertar, especialmente nos primeiros usos.

Quando você experimentou, estava tudo certo. O que aconteceu foi que, no dia a dia, ao ficar mais tempo com ele no pé, apertou. E aí, será que tem como lacear tênis assim? Claro que tem. E é isso que nós vamos ensinar para você.

Como lacear um tênis

Ninguém merece aquele tênis apertando o dedão. Ainda mais se você é atleta ou simplesmente pratica corridas regularmente. O tênis tem que ser confortável, sem atrito nos dedos, até porque o aperto pode causar calos e bolhas, tornando tudo ainda pior.

Confira algumas dicas para acabar com esse problema.

1.  Use mais de uma meia ou meias grossas

Opte por meias mais grossas ou use duas, caso não tenha um par mais grossinho. Essa camada maior de tecido vai ajudar o material do tênis a lacear com o formato do seu pé.

Experimente usar um secador de cabelo também, direcionando o fluxo de ar quente para os seus pés. Essa é uma técnica que ajuda a deixar o material flexível, permitindo que ele se estique e dilate até a espessura das suas meias.

Você vai sentir a diferença desse laceamento quando usar meias de corrida de novo.

2.  Dê uma gelada no seu tênis

Isso mesmo! Encha sacos de armazenamento seláveis ​​com água e coloque dentro do tênis. Depois, coloque no congelador. Quando a água congelar completamente, retire os tênis e deixe a água descongelar.

Retire os sacos de armazenamento e saiba que terá ganhado uma pequena folga de movimento extra ao redor da área dos dedos, porque a água se expande à medida que congela e expandirá o tênis também.

3.  Tenha uma ferramenta própria para isso

Existem alguns tipos de alargadores específicos que servem para lacear o cabedal. Eles podem ser sólidos ou líquidos. Quando sólidos, devem ser usados dentro do tênis e, quando líquidos, podem ser aplicados para essa finalidade de alargar.

4.  Observe seu pé e pisada

O jeito que você pisa também influencia no aperto do tênis, caso você não conheça a sua pisada e não compre o tênis que se adequa a ela.

Se a sua pisada é pronada ou supinada, existem modelos de tênis específicos para seus pés. Já se a sua anatomia é diferenciada, com o dedão maior que os outros dedos e mais largo, infelizmente existe uma tendência anatômica de sentir mais pressão nessa região. Nesses casos, busque auxílio médico.

5.  Conte com jornal molhado

Parece engraçado, mas essa técnica, que lembra a do saco de água, também serve para esticar os cabedais dos tênis.

Amasse um pouco de jornal, coloque no tênis e borrife água. O líquido vai ajudar a expandir o tênis. É preciso deixar descansar por uma noite inteira assim. De manhã, retire o papel e você vai notar mais espaço no seu tênis.

6.  Fique atento ao horário da compra

Estranho? Mas essa é uma dica que também pode ajudar: compre os tênis pela noite. Isso porque os pés tendem a inchar no final do dia, principalmente se você faz caminhada ou trabalha de pé.

Algumas pessoas ficam com os pés inchados durante o próprio treino. Então escolha o tênis no auge do seu “inchaço”, pra não ter chance de apertar quando você for usar!

Ainda enquanto experimenta o tênis, antes de comprar, uma dica para descobrir se seu pé vai ficar confortável no calçado, é tirar a palmilha e colocar o seu pé sobre ela. Seus dedos ficaram para fora ou exatamente na linha? Atenção: quer dizer que o tênis está apertado.

7.  Conheça o tênis

O material do cabedal tem influência direta no seu conforto e adaptabilidade ao tênis. Hoje, os tênis de corrida mais famosos são os modelos que tem o cabedal em tecido, como mesh e knit. Mas outros materiais também são usados. Tenha certeza que é possível se adaptar a esse cabedal sem sentir incômodo.

Observe também o sistema de amarração, que pode influenciar no conforto. Se sentir que aperta e machuca, reveja sua escolha, pois o ideal é sentir que o pé está firme dentro do tênis, mas sem apertar.

Existem também modelos sem cadarços, que oferecem um encaixe perfeito. Mas se você não abre mão de amarrar o tênis, alguns tipos contam com cadarços leves e que quase nem se notam.

Gostou dessas dicas? Compartilhe este link e informe mais pessoas!

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário