Meia de compressão para corrida: por que usar?

Conheça a meia de compressão e descubra como usá-la corretamente para melhorar o seu desempenho nas corridas.

Meia compressão corrida

Criadas para ajudar em doenças como varizes, diabetes, edemas e outros problemas venais, há algum tempo as meias de compressão deixaram de ser utilizadas apenas como acessório médico e passaram a fazer parte da vida do corredor.

Isso aconteceu porque o seu uso promete melhorar a circulação sanguínea e ajuda a recuperar o músculo de forma mais acelerada.

As meias de compressão para corrida são normalmente altas, indo até o joelho, efetuando uma compressão progressiva que promove o aumento da circulação sanguínea e da força muscular, reduzindo as chances de fadiga.

A sua indicação é especialmente para atletas que fazem longos treinos e provas pesadas, mas é importantíssimo lembrar de não usá-las de forma constante, pois isso pode diminuir a capacidade de adaptação do músculo aos impactos, deixando-os preguiçosos.

É importante ressaltar que não existem estudos concretos que provem os benefícios de correr com meia de compressão, mas os usuários do acessório insistem em afirmar que há melhora para a circulação sanguínea, já que reduz a concentração de lactato e controla a oscilação muscular gerada pelo impacto com o chão.

Quando o assunto é recuperação as coisas mudam, pois já existem evidências que recomendam o uso da meia de compressão para recuperar o músculo em diversas modalidades atléticas - e quem afirma isso é o Dr. John Jakeman, da Escola de Ciências Sociais e de Saúde, na Universidade de Abertay Dundee, na Escócia.

Vestir as meias, por exemplo, por 48 horas após realizar uma maratona, pode melhorar a performance dos corredores, acelerando a sua recuperação, segundo um estudo do Journal of Strength and Conditioning Research, realizado em 2015.

Para que serve a meia de compressão na corrida

Sobre os efeitos e benefícios da meia de compressão para corredores, a sua eficácia é comprovada apenas quando usada para recuperação, como já citamos, pois aumenta a circulação sanguínea, reduzindo dores e fadigas musculares, inchaços, lesões e inflamações.

O que se sugere, já que não há comprovação científica sobre o seu uso durante a corrida, é que haja o “efeito placebo”. Ou seja, mesmo sem a comprovação de efeitos positivos, o simples fato de usá-las faz o atleta acreditar que está se saindo melhor na competição.

Escolha a melhor meia de compressão

Nas lojas de artigos para esportes e também em farmácias é possível encontrar diversos modelos, que variam na pressão, tipo de tecido, propriedades antibacterianas, respirabilidade e amortecimento.

A meia precisa possuir a compressão progressiva, ou seja, ser mais apertada nos tornozelos e ir folgando até chegar mais larga ao joelho, pois isso ajuda a evitar o desenvolvimento de bolhas.

Para escolher a melhor meia de compressão, leve em conta o tamanho do seu pé e o da panturrilha, pois é necessário sentir a perna sustentada e não esmagada, ou seja: apertada, mas sem gerar grandes desconfortos.

Quando e como usar meia de compressão para corrida

Atualmente, o uso é indicado entre 24 e 48 horas após as provas, campeonatos ou treinos intensos. Se você irá viajar até a próxima prova, a meia também irá ajudar na circulação durante um voo longo ou muitas horas dentro de um ônibus ou carro.

Mesmo possuindo inúmeros benefícios que melhorem o desempenho do atleta, o uso constante das meias podem gerar a perda da função adaptativa e oscilatória do músculo, o que pode aumentar o risco de lesão em casos de atividades físicas futuras sem o uso da meia de compressão.

O ideal é utilizá-las em dias mais frios, pois elas esquentam mais que meias comuns, e também alternar o uso, para acabar não deixando o músculo mal acostumado, tornando-o mais frágil.

E, uma dica para a hora de vestir: dobre a parte superior sobre a inferior e vista apenas o pé para, então, desenrolar a parte de cima em direção ao joelho.

Por ser feita de um material elástico resistente, vestí-la pode ser um desafio, mas para um atleta que participa de provas de resistência, essa tarefa vai ser moleza.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário