7 Dicas para ganhar velocidade na corrida

Você deseja melhorar o desempenho e velocidade na corrida? Então confere as dicas que preparamos para ajudá-lo a alcançar o seu objetivo!

Ganhar velocidade na corrida

Um dos maiores desejos de um corredor, seja ele amador ou profissional, é ganhar velocidade na corrida para melhorar sua performance em competições.

Para alcançar seus objetivos, tenha em mente que é necessário muita disciplina, pois apenas a execução diária vai ser capaz de tornar o seu corpo cada vez melhor nesta atividade, aumentando o seu condicionamento físico pouco a pouco todos os dias.

A verdade é que não existe exatamente um treino para ganhar velocidade, além de correr regularmente, mas, sim, alguns métodos que, quando colocados em prática, podem e vão influenciar para que o seu corpo seja capaz de dar o máximo possível no momento da corrida.

Para você, corredor, preparamos algumas dicas para ganhar velocidade, acompanhe abaixo!

1.  Use roupas e equipamentos adequados

Vestir-se de forma adequada significa ter mais conforto durante a corrida, sendo uma maneira de garantir que o desempenho seja melhor, sem empecilhos e incômodos, como assaduras entre as coxas e desidroses nos pés, que podem surgir quando a roupa ou calçado são inapropriados.

Durante os dias quentes, procure usar roupas mais leves e claras, já nos dias frios, lembre-se da importância de uma corta-ventos que possa isolar a friagem.

Ambas precisam possuir componentes técnicos, leves, suaves e respiráveis, capazes de proporcionar leveza e facilidade ao executar os movimentos.

2.  Aqueça e alongue

O alongamento é importante para preparar o corpo em qualquer atividade física, sendo indispensável antes da corrida.

Alguns alongamentos recomendados aos corredores são:

  • elevação;
  • círculo com o quadril;
  • círculo com os pés;
  • afundo;
  • alongamento lateral;
  • alongamento cegonha.

Já para o aquecimento antes de correr, o ideal para um corredor é realizar trotes durante dois minutos, facilitando os piques no percurso e a fluidez do sangue.

3.  Cuide da postura

As principais orientações são manter o corpo levemente inclinado para frente, o cotovelo flexionado em 90º e os braços em movimento para frente e para trás, auxiliando no equilíbrio e no impulso, ajudando a evitar lesões e também economizar energia.

4.  Realize passadas rápidas

As passadas mais curtas são as mais rápidas e uma das técnicas mais efetivas para aumentar a velocidade da corrida.

Isso significa aumentar a cadência, ou seja, o número de passos por minuto deve ser o maior possível.

Comece aos poucos e aumente o número de passos por minuto conforme as adaptações da sua condição física.

5.  Enfrente subidas

Subir rampas, escadas e ladeiras está entre um dos melhores exercícios para ganhar resistência física, velocidade e fortalecimento muscular.

Segundo alguns estudos, a superação de subidas pode ser mais fácil se você pisar com a frente do pé e usar passadas curtas e rápidas.

6.  Invista em caminhadas

Se você está começando a correr, inicialmente pode intercalar corrida e caminhada, dois minutos de cada, até cumprir o tempo que você separou para atividades físicas.

Desse modo, você pode ir aumentando o tempo conforme o corpo se adapta, passando para cinco minutos, 10 minutos e assim sucessivamente.

Não se sinta culpado por não aguentar correr uma hora sem parar, o importante é realizar o seu treino, pois isso irá melhorar o seu condicionamento físico e ajudá-lo a alcançar o objetivo desejado de forma eficaz.

7.  Descansar também é importante

É claro que o treino será a melhor forma de atingir a melhor velocidade, mas não se engane pensando que sair para correr longas distâncias todos os dias será saudável.

Respeite o seu organismo e entenda que ele precisa se recuperar após grandes esforços. Sem descansar, o seu corpo terá mais dificuldade para evoluir e pode acabar sendo lesionado por tanta pressão constante.

Agora, sabendo como ganhar velocidade na corrida, crie um calendário de treinos utilizando todos os equipamentos necessários e separando os dias de descanso e recuperação muscular.

Tudo que envolve esforço físico, exige dedicação e persistência, por isso, não desanime na primeira decepção e entenda que cada corpo possui um tempo de adaptação e desenvolvimento. O importante é não desistir!

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário