Como tirar o máximo proveito do seu tempo em piscina pequena

Para manter a rotina de exercícios nos dias mais quentes, conheça treinos funcionais e aeróbicos que podem fortalecer o seu corpo e queimar gordura, mesmo em piscinas pequenas.

Treino de piscina pequena

Em dias quentes, é muito mais difícil driblar a preguiça e sair para malhar. Mas, tudo bem: a piscina também pode ser uma ótima opção para não perder a forma, e, melhor ainda, você pode fazer todos os exercícios citados abaixo na sua piscina da sua casa, mesmo que pequena.

Os exercícios que são feitos na água, apresentam muitas vantagens, pois, além de ter baixo impacto, ajudam a definir os músculos, melhorando a circulação e queimando gordura corporal.

O treino de piscina ajuda, também, no equilíbrio, agilidade e resistência, porém, se você não tem prática com exercícios desse tipo, procure um educador físico para auxiliar em como treinar na piscina, para garantir maior segurança.

Mesmo com a ajuda desses exercícios, lembre-se de seguir uma rotina de atividades e manter a alimentação mais leve e saudável. Se o seu objetivo é emagrecer, essa combinação será perfeita.

No mais, vamos seguir com as dicas!

Natação

Se você tem uma piscina em casa ou está indo passar um tempo viajando e não quer perder o ritmo das suas atividades físicas, a questão é: como treinar natação em piscina pequena?

Sim, existe uma solução! O treino nas piscinas pequenas, ou em formatos irregulares, podem ser feitos com o uso do extensor para nado estático. O extensor é fixado na borda da piscina e preso nos pés, fazendo com que o atleta nade sem sair do lugar.

É uma ótima forma de treinar técnica, tiros de velocidade e resistência, além de fortalecer as articulações, melhorar o sistema respiratório, estimular a perda de peso e demais benefícios.

Corrida na piscina

Se o que você busca é um treino na piscina para emagrecer, a corrida pode ser uma opção ideal. Dentro da água, durante alguns minutos, corra de uma borda até a outra, levantando os joelhos o máximo possível, na altura dos quadris.

Não esqueça de manter a postura ereta. Esse exercício melhora a postura e a resistência e o emagrecimento se dá pelo gasto de energia envolvido, enquanto há proteção das articulações.

Outro treino aeróbico na piscina é a caminhada: ela irá proporcionar os mesmos benefícios que a corrida, porém é mais leve, e é ideal para montar treino e começar a praticar.

Prancha na piscina

A prancha entra na nossa lista como um treino funcional na piscina.

De pé, segure verticalmente com as duas mãos um espaguete de piscina, pressione-o para baixo da água e incline o corpo para frente, até estar em uma posição reta.

Mantenha a cabeça fora da água e tente se manter estável nessa posição, por até dois minutos. Esse exercício irá fortalecer o seu corpo, acelerar o metabolismo e prevenir lesões.

Bicicleta

Com as costas apoiadas na parede da piscina e os braços estendidos na borda, faça o movimento como se estivesse pedalando – dobrando e levantando as pernas, alternadamente, até a superfície da água, como se pedalasse rápido na bicicleta.

Esse exercício ajuda no emagrecimento, melhora o fôlego, regula a pressão arterial e auxilia no bem-estar, classificando-se como um ótimo treino aeróbico na piscina.

Elevação lateral dos braços

Para fazer a elevação lateral dos braços, fique de pé e segure um halter ou improvise uma garrafinha de água em cada mão. Depois, estenda os braços ao longo dos quadris e eleve até a altura dos ombros, voltando à posição inicial.

Use a força na subida e na descida dos braços e esse exercício ajudará a fortalecer e definir os músculos.

Polichinelo

O clássico polichinelo também é um ótimo treino na piscina para emagrecer, pois utiliza pouco espaço.

De pé, estenda os braços para os lados na altura dos ombros e mantenha as pernas separadas. Abra e feche as pernas e os braços, ao mesmo tempo, para realizar o exercício, por 2 ou 3 minutos.

Essa atividade alivia o estresse, melhora a circulação e o condicionamento físico, ajudando, também, na queima de gordura.

Cuidados

Qualquer tipo de exercício físico exige uma avaliação médica, e é muito importante saber se você está apto para praticar o tipo de treino que pretende e saber qual a intensidade o seu corpo está pronto para exercer.

Por isso, uma boa dica é conhecer a sua frequência cardíaca máxima, para manter os treinos sempre seguros.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário