Como montar um treino de natação para começar a praticar

Confira o que é importante saber sobre como é praticada a natação e entenda o que é necessário para começar.

Como montar treino natação começar praticar.

A prática de qualquer tipo de esporte ou atividade física, em geral, é indicada para ser incluída e mantida na rotina diária de cada pessoa. Mas, muitos não sabem nem por onde começar a buscar qual exercício fazer. Nesse sentido, a natação é uma boa escolha para quem está procurando alguma atividade esportiva diferente.

Por ser um esporte muito completo, oferece diversos benefícios para quem o pratica. Alguns desses são correção de postura, flexibilidade muscular e alto gasto calórico. Além de ser uma atividade de baixo impacto e possível para todas as idades, desde crianças até idosos. Vale notar que quem começa a praticar natação só tem elogios a fazer ao esporte.

Para entender melhor como é praticada a natação, é preciso ter em mente algumas coisinhas antes de começar. Por exemplo, você precisa ter uma boa alimentação e adquirir os equipamentos certos para ter um desempenho melhor e não cansar muito durante os treinos.

Confira algumas dicas sobre natação a seguir.

Escolher equipamentos e vestimentas corretos

Para praticar esse esporte, é preciso investir em roupas adequadas e alguns acessórios essenciais, como a touca e os óculos. Também é importante dizer que não é qualquer biquíni, maiô ou sunga que vai ser apropriado para um treino de natação.

Os maiôs e sungas devem ser colados ao corpo, mas nunca apertados demais de maneira que inibam os movimentos dentro da piscina. Além disso, devem ser resistentes ao cloro e ao sal.

Falando em cloro, muitas pessoas ficam com dúvida sobre como proteger o cabelo do cloro na natação, e a resposta é simples: usar uma touca de material adequado, sendo o mais indicado a touca de silicone.

Apesar de que crianças podem se sentir mais confortáveis usando a touca de pano, para efetivamente fornecer uma proteção, a de silicone é a melhor escolha.

Quanto aos óculos, não tem segredo: basta que ele encaixe bem no rosto para não deixar água entrar, mas também que não fique apertado. O ideal é ir até uma loja esportiva e pedir pelas vestimentas adequadas - elas podem sair um tantinho mais caras a princípio, mas irão compensar muito o seu conforto a longo prazo.

Mais do que isso, o investimento em um equipamento adequado irá afetar diretamente o desempenho do atleta, coisa que será bastante útil, principalmente para quem está iniciando a aprender os primeiros movimentos e técnicas da natação.

Qual a alimentação adequada

A alimentação, assim como em outros esportes, precisa ser bem equilibrada com proteínas, carboidratos, etc. Para alcançar resultados melhores e manter um bom condicionamento físico, devem ser feitas refeições antes e após cada treino.

Nunca se treina de estômago vazio e é preciso comer entre uma e duas horas antes de cada treino.

O que comer antes da natação?

O ideal é que seja uma refeição rica em carboidratos, então algumas boas opções são:

  • Torrada;
  • Sanduíche natural;
  • Fatia de bolo;
  • Frutas;
  • Barra de cereal.

Além disso, a hidratação também é um elemento chave, então lembre de beber bastante água ou até mesmo um suco de frutas, junto da refeição.

Nesse sentido, é importante beber água ou bebidas esportivas durante o treino também, pois elas são ótimas para repor carboidratos e ajudar a dar um gás a mais durante o treino.

E qual o tipo de comida ideal para o pós-treino?

Após realizado o exercício, também é necessário consumir carboidratos e, dessa vez, acompanhados de proteínas e lipídeos. Cerca de 30 minutos após o treino já é recomendado fazer um lanche de reposição, além de uma refeição mais substanciosa, cerca de 2h a 4h após finalizada a atividade física.

No lanche, você pode contar com opções como:

  • Frutas;
  • Castanhas e sementes;
  • Mingau de aveia;
  • Vitamina de frutas;
  • Granola com castanhas.

Na refeição mais completa, dê preferência para alguns tipos de carne, como peixe, frango e peru, assim como ovos e alguns tipos de queijo.

Fazer alongamento e aquecimento

Na verdade, esse é um passo importante para qualquer esporte e grande parte das pessoas já sabe disso, mas é bom mencionar, ainda assim, pois cada esporte acaba tendo alongamentos e aquecimentos específicos para a sua prática.

Na natação, por exemplo, utiliza-se muito a força dos braços, então é importante focar nessa região no pré-treino.

Apesar disso, o aquecimento pré-treino deve ser curto e leve, apenas suficiente para ativar a musculação - o famoso “acordar o corpo”. Cerca de 10 a 15 minutos são suficiente para esse propósito.

O alongamento também deve ser leve e com objetivo de relaxar os músculos após realizado o esforço do treino. A combinação do aquecimento e alongamento irá prevenir dores e lesões musculares.

Manter treinos regulares

Como qualquer esporte, é preciso praticar para atingir uma técnica perfeita. Ainda mais em se tratando da natação, porque,apesar de ser um esporte relativamente simples e de baixo impacto, ele possui muitos elementos a serem trabalhados.

As técnicas necessárias na natação incluem: respiração, braçadas, pernadas, posicionamento de cabeça, entre algumas outras, ainda.

Os treinos regulares, sendo de duas a três vezes na semana, vão ajudar a dominar esses elementos com mais facilidade. Além do que, manter a regularidade ajuda a estabelecer uma rotina mais rápido também, fazendo o corpo e a mente se adaptarem ao novo estilo de vida.

Apenas lembre de manter treinos mais leves no começo para não atingir a exaustão!

Ter um local adequado para praticar

Não é qualquer piscina que vai ser ideal para treinar natação, então é preciso ir atrás de uma boa academia especializada ou clube de natação que ofereça as estruturas adequadas para praticar o esporte.

É importante que haja piscinas e metragens próprias para os níveis de cada atleta (ou grupo de atletas), além de profissionais qualificados e experientes para acompanhar o desempenho dos nadadores.

Ter boa orientação profissional

Falando em profissionais qualificados, uma boa orientação profissional não se trata apenas do treinador de natação, mas também de médicos e nutricionistas.

É essencial ter um expert acompanhando o desenvolvimento e movimentação do atleta, para mostrar como montar um treino de natação e indicar como ter um aproveitamento melhor, além de ser essencial para evitar qualquer tipo de lesão durante a atividade.

Mas, com a presença de um profissional, o atleta também terá uma ideia de como está o seu quadro de saúde, se há alguma questão para se preocupar e, ainda, irá aprender como montar uma rotina de alimentação correta para suprir todas as necessidades de nutrientes, carboidratos, vitaminas, e etc. que um nadador precisa.

Note que, apesar das dicas de alimentação dadas acima, um nutricionista ainda é essencial para montar uma dieta adequada para cada atleta.

Conhecer os estilos de nado

Os estilos de nado serão aprendidos conforme os treinos forem avançando, mas é bom ter uma ideia do que está por vir para estar preparado e já ir pesquisando e tirando eventuais dúvidas em relação aos treinos.

Os principais estilos são:

  • Nado crawl (livre);
  • Borboleta;
  • Nado de costas;
  • Nado de peito.

Cada um deles possui estilos de braçadas, pernadas e até de respiração próprios, então, ao começar a aprender cada um, tenha sempre o treinador por perto para saber se está realizando os movimentos corretos.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário