Aprenda a fazer polichinelo e quais o seus benefícios

O polichinelo é uma atividade física simples e prática que auxilia na perda de peso e ainda traz inúmeros benefícios para o corpo. Sem desculpas para não fazer atividade física, esse é o exercício que você precisava conhecer para ter uma rotina mais ativa!

Como fazer polichinelo

Qualquer exercício, quando executado da forma correta, pode trazer benefícios para o corpo e para a mente, melhorando a qualidade de vida e auxiliando no fortalecimento muscular e emagrecimento.

E não existem desculpas para não fazer atividades físicas, pois algumas delas podem ser realizadas na sua própria casa, sem o uso de equipamentos e utilizando o próprio corpo como peso.

Um desses exercícios é o polichinelo, que pode ser utilizado em programas de treinamentos, dos mais leves aos mais intensos, movimentando o corpo rapidamente e queimando calorias de modo acelerado.

É o exercício perfeito para quem não tem tempo de ir à academia e não possui equipamentos ou acessórios para realizar atividades físicas em casa.

Prepare-se para aprender tudo sobre esse exercício e comece agora mesmo a praticá-lo!

Como fazer polichinelos

Por mais que o polichinelo pareça uma atividade física simples, se realizado da forma errada, pode render dores e desgastes musculares.

Veja como executá-lo corretamente no passo a passo:

  1. Para começar, esteja em uma superfície plana e antiderrapante. Fique atento aos movimentos dos braços e das pernas. Eles devem acontecer de forma sincronizada.
  2. Com os pés unidos e os braços junto ao corpo, dê o primeiro impulso abrindo as pernas para as laterais e elevando os braços para cima, fechando-os acima da cabeça.
  3. Aumente a velocidade ao longo do exercício para aquecer os músculos. Caso se perca entre os saltos e aberturas, pare e recomece.

O ideal, para começar, são cinco séries de dez repetições por dia. Lembre-se de alongar antes de realizar o polichinelo.

Comece devagar, ouça o seu corpo e não continue se sentir dores ou se machucar. Ao longo do tempo, aumente o número de repetições por série, sem pressa.

Como incluir o polichinelo nos treinos

Agora que você sabe fazer polichinelo, vamos descobrir como colocá-lo em prática?

Separamos algumas formas de incluí-lo no treino diário!

Atividade simples

Esse exercício sozinho pode ajudar a perder peso, mas não se trata de quantos polichinelos fazer para perder calorias e sim por quanto tempo repeti-lo. As 50 repetições diárias são ideais para ajudar no condicionamento físico e aquecimento muscular, mas para notar a diferença na barriguinha, vai ser preciso realizar os polichinelos durante 10 a 15 minutos por dia.

Intercalar com outros exercícios

O polichinelo é um exercício que gera maior emagrecimento quando intercalado com outras atividades físicas. Você pode caminhar, pular corda, fazer abdominais, corrida estacionária, entre vários outros treinos que podem ser feitos em casa.

Aí, basta alongar, escolher exercícios que você tenha prazer em praticar e intercalar com os polichinelos.

Aquecimento

Para quem já possui um bom condicionamento físico e realiza treinos mais intensos, o polichinelo atua como aquecimento, preparando melhor os músculos, tendões e articulações para receber uma carga pesada de exercício.

5 benefícios do polichinelo

Eu tenho certeza que você já viu alguém fazendo polichinelo. Seja na academia, na pracinha ou durante a hidroginástica. Isso acontece porque ele é um exercício curinga e os benefícios de fazer polichinelos são muitos.

1.  Praticidade

Não precisa de equipamentos e pode ser realizado em qualquer lugar, tornando- se um exercício fácil, rápido e muito prático. Pode ser adicionado em qualquer treino, do principiante ao avançado, pois, além de fortalecer e gerar perda de peso, pode aquecer os músculos e tendões, preparando-os para cargas pesadas de atividades físicas.

2.  Condicionamento físico

O polichinelo trabalha a disposição cardiorrespiratória. Adicionado a uma rotina de exercícios acompanhada por um profissional, melhora o condicionamento físico e a saúde cardiovascular.

3.  Auxilia no emagrecimento

Quando realizado com frequência e aliado a uma dieta equilibrada, o polichinelo pode ser ótimo para reduzir a gordura corporal. O acompanhamento de um nutricionista e 15 minutos diários do exercício podem ajudá-lo a perder até 235 calorias. Mas é preciso foco, já que qualquer deslize na alimentação pode fazer você ingerir essas calorias de volta e anular os efeitos dos polichinelos.

4.  Melhora a coordenação motora

Por utilizar o corpo todo e precisar de postura e sincronia, o exercício auxilia na melhora da coordenação motora, já que um erro fará você reiniciar a prática até desenvolvê-la sem errar a simultaneidade dos movimentos.

5.  Fortalece os músculos

É uma ótima atividade física para fortalecer os membros inferiores. Os músculos que o polichinelo trabalha incluem os da panturrilha, quadríceps, glúteos, flexores do quadril e isquiotibiais. Além disso, há também uso dos músculos das costas, deltóides e abdômen.

Cuidados com a prática

É importante, em toda atividade, vestir-se com roupas leves e se manter hidratado bebendo água. Cuidar da alimentação é necessário para acelerar os resultados de quem deseja perder peso, mas nada de ir além das possibilidades do corpo e forçá-lo a um nível que ainda não possui.

Para quem vai realizar os polichinelos em lugares fechados ou cobertos, preste atenção se o chão não é íngreme ou possui superfície deslizante, evitando escorregões. Ao céu aberto, além dos cuidados com o terreno, não se exponha ao sol entre 10h e 14h e utilize protetor solar, boné e óculos escuros.

Pronto! Agora você está pronto para usufruir de todos os benefícios do polichinelo para o corpo!

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

28 Respostas

Deixe seu comentário