Como escolher o aro de bicicleta certo

O aro de bicicleta influencia em muitos quesitos, desde ganhar ou perder de velocidade, até a evitar desconfortos e lesões. Aprenda tudo o que precisa para sair pedalando por aí com conforto e segurança.

Aro de bicicleta

Antes de sair por aí pedalando sobre duas rodas, é fundamental escolher a bike certa e saber qual o tamanho e o tipo de aro de bicicleta ideal, pois eles são responsáveis pelo ganho de velocidade em estradas de asfalto e pelo conforto em trilhas e montanhas.

Por outro lado, ao fazer a escolha errada, as chances de você precisar trocar os aros com frequência serão maiores, além de que isso pode gerar insegurança para quem pedala, principalmente a depender do local onde a bike for usada

Como escolher aro da bicicleta?

Diferentemente do quadro da bicicleta, que é decidido de acordo com a altura do ciclista, o aro é definido de acordo com seu uso. Sendo assim, o aro será escolhido de acordo com o que você deseja praticar, por exemplo, para uso urbano, procure pelo 26” ou 700c.

Para realizar manobras, dê preferência aos diâmetros menores, pois a bike será mais leve e a execução será melhor.

Confira outros exemplos abaixo.

Aro 20” e 24”

Pouco provável para uso em meio urbano, estes pequenos aros são desenvolvidos para praticantes de BMX, bike trial e para bicicletas dobráveis.

Por causa do seu diâmetro reduzido, você também os encontra na seção infantil de qualquer loja de departamento.

Aro 26”

De todos os tamanhos de aro de bicicleta, o 26” é o mais comum, pois fornece segurança e estabilidade, além de ser eficiente em diferentes terrenos.

Sua estrutura costuma ser usada com frequência por ser adaptável a qualquer pessoa, suportando qualquer peso, sua manutenção é barata e a reposição é fácil.

O aro 26” tem maior resistência quando comparado aos outros, por causa do seu diâmetro mais curto, o que proporciona maior leveza e agilidade ao ciclista.

Por suas qualidades, utiliza-se em bikes urbanas, trilhas, fat bike e dirt jump.

Aro 27.5”

Se você quer ganhar velocidade em estradas de terra, o aro ideal para sua bike é o 27.5”, pois ele garante a tração nas curvas e maior estabilidade neste tipo de solo.

Por estabilizar a velocidade por mais tempo e de maneira mais rápida que a 26”, o aro 27.5” vem ganhando cada vez mais espaço no mercado, pois faz com que o pedal renda mais com menos giros de pedivela.

Apesar de estar conquistando adeptos, a substituição e o preço de manutenção desta peça não é tão barata ou simples. Entretanto, não há dúvidas que para pedaladas all mountains e downhill, este tamanho é o mais indicado.

Aro 29”

Para lugares com aderência, onde existe a necessidade de maior estabilidade e tração, o aro 29” é o mais indicado.

Sua arrancada é mais lenta em comparação aos tamanhos menores, entretanto preserva a alta velocidade por maior tempo, sem a necessidade de pedaladas fortes, o que facilita as subidas.

É importante lembrar que quanto maior o aro, maior será o quadro e as outras partes da bicicleta, pois a bike deve ser proporcional. Por isso, dependendo da sua altura o 29” pode não ser o indicado.

Aro 700c

Este aro possui o mesmo diâmetro do 29”, mas a diferença está na sua largura: o 700c é muito mais fino, garantindo maior leveza e alcançando velocidade com muito mais rapidez.

É indicado para estradas planas, pois sua espessura fina pode ser um problema para terrenos com pedras e buracos proeminentes.

Entretanto, existem os aros 700c Ciclocross, desenvolvidos especialmente para quem deseja se aventurar em pares de aros leves. No caso desta categoria, eles foram desenvolvidos mais grossos e com cravos, o que permite aventuras em terrenos rochosos.

Tipos de aro de bicicleta

É preciso escolher outros aspectos além do tamanho. Por exemplo, existem dois tipos diferentes de aros, que são os:

  1. Liga leve: especiais para o ciclismo em estradas pavimentadas e velocidade.
  2. Aros de raios: desenvolvidos para terrenos irregulares.
  3. Aros de alumínio: são muito resistentes e a corrosão e o custo são relativamente baixos.
  4. Aros de aço: possuem uma maior durabilidade e por isso são mais utilizados em bikes infantis.
  5. Aros de fibra de carbono: são mais caros, porém muito mais resistentes.

A armação, ou perfil, é como se denomina a aerodinâmica, espessura, carga, uso, tipo de pneus que serão usados e quais freios serão colocados, pois nem todos suportam todas as variedades de freios e cada um deles precisa ser instalado em um aro especial.

Por exemplo, para utilizar um freio a disco, é preciso que o suporte central do aro sustente o disco de freio.

Como saber qual o melhor aro da bicicleta?

Saiba que não existe o melhor e nem o pior, já que, como vimos, cada um é desenvolvido especialmente para um tipo de pedalada. O ideal é você saber para qual objetivo a bike será usada.

Não é recomendável fazer adaptações, como colocar um aro 29” em um quadro de bike 26”, e nem um aro de 27.5” em uma bicicleta para aro 700c.

Cada tamanho é desenvolvido especialmente para cada quadro, pneu, câmara e outros apetrechos e adaptar de maneira errada a sua bike pode gerar problemas mecânicos e até mesmo pôr em risco a sua segurança.

A mesma dica vale para todo o resto: na hora de escolher a bicicleta ideal, leve em consideração o tamanho do quadro e a distância entre o guidão e o selim, pois toda a estrutura será responsável pelo seu conforto, segurança e confiança sobre duas rodas.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário