Como correr corretamente?

Sim, existe mesmo uma maneira de correr corretamente! Preparamos algumas dicas que vão ajudá-lo a correr melhor, evitar lesões e atingir os seus objetivos como atleta mais rapidamente.

Como correr corretamente

A corrida, mesmo que seja uma prática esportiva simples, também possui algumas orientações para executá-la corretamente, ajudando a evitar dores e lesões.

Algumas orientações são mais comuns que outras. Normalmente, nos preocupamos com o tipo de tênis que devemos usar, qual roupa é a mais confortável e os tipos de terrenos de um percurso.

Mas e o corpo? É só sair correndo? Como fica a postura, os braços e a respiração?

Estes e outros fatores influenciam diretamente no seu desempenho e, sabendo qual a melhor forma de correr, você pode atingir os seus objetivos de forma mais eficaz.

Preparamos um guia com as principais informações para você praticar a corrida de um jeito mais apropriado, menos lesivo e ainda mais prazeroso. Confira!

Postura durante a corrida

Para manter a postura correta para correr, evite estes dois erros:

  • não corra com o peito estufado demais;
  • não incline exageradamente o tronco para frente.

Ambos erros causam uma sobrecarga negativa e desequilíbrio no corpo, prejudicando a performance.

É importante manter sempre o tronco reto e o alinhamento do corpo, diminuindo as chances de dores e fraturas por estresse que podem ocorrer nos ossos das canelas e também as inflamações e desgastes nos joelhos.

Você também deve manter-se atento para sua postura no dia a dia, pois ela pode influenciar no seu desempenho na corrida.

Se você passa horas sentado no seu trabalho, no transporte ou em casa em uma posição ruim, acaba por criar um padrão que pode ser prejudicial para sua saúde e, é claro, que te acompanham durante a atividade física também.

Pisada durante a corrida

O pé se projeta no solo a cada passo e, ao projetar, é comum que corredores amadores - e até mesmo alguns profissionais - utilizem o calcanhar ou o retropé para apoiar no solo.

Isso não afeta o desempenho, mas gera um impacto negativo, aumentando as chances de lesões e cansaço.

Utilizando o seu médio-pé, a entrada no solo ocorre mais abaixo do corpo, diminuindo significamente o impacto com o chão, melhorando a força do deslocamento e realizando uma entrada correta da corrida.

Força exercida ao correr

A força que aplicamos contra o solo é o que gera o deslocamento da corrida. É recomendado que utilize o quadril e as coxas, que possuem músculos maiores, para impulsionar a corrida, evitando a panturrilha, que é um músculo menor e não trará bons resultados de pulsão.

Tamanho das passadas

Ao dar passos muito largos, os saltos são mais altos, o que acaba gerando um gasto de energia muito maior e desnecessário. A dica aqui é manter alta frequência de passadas sem elevar muito os pés do solo.

Estabilidade dos quadris

Os seus quadris devem permanecer estáveis, bem firmes e sólidos durante a corrida. Não os balance de um lado para o outro, assim poderá prevenir dores nas costas e no próprio quadril.

Movimento dos braços

Nunca cruze os braços à frente do corpo ao correr, eles devem ser mantidos no ângulo de 90 graus e serem balançados na lateral do corpo em movimentos para frente e para trás, apenas. Esse movimento o ajudará a impulsioná-lo e a evitar o desperdício de energia.

Respiração na corrida

Cada atleta possui um condicionamento físico, isso quer dizer que o seu ritmo de inspiração e expiração também é diferente, conforme a sua experiência.

Normalmente, respiramos pelo nariz onde o ar é filtrado e aquecido para chegar aos pulmões. Porém, durante a corrida também é necessário respirar pela boca, melhorando a entrada do oxigênio.

Para respirar corretamente na corrida, lembre-se que o ideal é encontrar um equilíbrio entre essas duas formas de respirar. Uma dica legal é coordenar as técnicas de respiração com as pisadas, tornando o processo mais eficiente.

Com essa orientações, você conseguirá atingir a maneira correta de correr e utilizará de todos os benefícios da corrida. No começo, talvez você precise pensar em toda a metodologia para conseguir executar os movimentos indicados, mas isso é normal.

A partir de um determinado tempo, com experiência e prática, atingir a posição correta para correr será natural e ajudará você a alcançar os seus objetivos como atleta ainda mais rapidamente.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário