Dor de facão: o que causa e como evitar

A dor de facão pode ser conhecida por outros nomes, como dor de lado e dor desviada. Seja qual for o nome, os sintomas e a causa são os mesmos. Descubra exatamente o que é e como acabar com esse incômodo de uma vez por todas!

Dor de facão

A dor de facão, também conhecida como dor lateral, é ocasionada pelo alto esforço do atleta durante a prática de atividade física. Contudo, não é somente a intensidade do exercício que pode causar este incômodo.

A dor também está associada à má-alimentação e à falta de fortalecimento muscular do abdômen.

O importante é entender que há maneiras de evitar que este incômodo aconteça, realizando algumas mudanças no cotidiano. Diminuir a intensidade das atividades físicas pode ser um bom exemplo de como evitar as dores laterais.

Com o tempo e a prática contínua, a intensidade pode ser aumentada sem problemas, porém, é necessário que isso ocorra gradativamente.

O que é dor de facão?

Seja conhecido pelo seu nome científico, dor abdominal transitória, ou pelo nome popular, a dor de facão, trata-se daquele incômodo que ocorre durante a prática de atividade física, originalmente na parte inferior da costela e pode estender até a parte dos flancos.

A dor acontece de maneira parcial, por causa de pequenos rompimentos nas fibras musculares, ocasionados pelo esforço da atividade física intensa ou prolongada.

As pontadas começam suave e, com a insistência do exercício, podem aumentar, obrigando o praticante a cessar imediatamente.

Saiba que o incômodo pode ter origem no lado esquerdo ou do lado direito do abdômen, sem regras definidas, e qualquer pessoa pode estar sujeita a sentir as pontadas, inclusive atletas profissionais.

Afinal, o motivo causador da dor de facão é comum e tem relações com inúmeros fatores.

O que causa dor de facão?

São pequenos acontecimentos que resultam na fisgada final na lateral do abdome, entre elas, o atrito entre o fígado e o baço. Isso acontece pela fadiga excessiva ocasionada pela alta intensidade do exercício.

Em momentos de esforços intensos, a respiração errada auxilia para que o atrito entre o fígado e o baço aumente e, embora ocorra com frequência, esta não é a causa principal da dor de facão.

O incômodo pode ainda ser resultado da má-postura, ocasionada pela falta de força na região do abdômen, quadril e lombar, durante as atividades físicas.

Ainda é possível afirmar que as pontadas podem estar associadas à má-alimentação no pré-treino, ou seja, quando o atleta ingere alimentos difíceis de digerir, dificultando o trabalho do diafragma.

Resumidamente, pode-se listar outros seis pequenos acontecimentos que podem resultar no desconforto lateral do abdome.

Veja só:

  • ausência de condicionamento físico, ou seja, sedentarismo;
  • passagem de ar no estômago;
  • dose extra de sangue, sobrecarregando o baço;
  • insuficiência de oxigênio no diafragma;
  • postura inadequada; e
  • impacto no fígado, causado pela alta movimentação corporal.

Mesmo com tantas maneiras diferentes de ocasionar o incômodo, é possível evitá-lo. Para isso, o atleta precisa seguir pequenos passos que podem ser atribuídos no cotidiano sem muito esforço.

Como evitar dor de facão?

Para evitar a dor de facão constante, o atleta precisa praticar atividades físicas de baixa intensidade por um período contínuo, fortalecer os músculos da região abdominal, não ingerir alimentos pesados no pré-treino, diminuir a respiração pelo nariz e aumentar gradativamente o nível dos exercícios, respeitando o limite do corpo.

É importante ressaltar que o alto consumo de líquidos antes e durante o treino também podem auxiliar no desconforto. Sendo assim, para evitar, não consuma líquidos exageradamente, apenas o suficiente para hidratar-se.

Lembre-se ainda de ingerir fibras e alimentos leves no pré-treino e não exagere na intensidade das atividades caso esteja em jejum.

Outra solução para evitar essa dor durante as atividades é aumentar vagarosamente a intensidade dos exercícios, sempre respeitando o limite confortável do seu corpo.

Praticar alongamentos para o fortalecimento da região do core e do abdômen, lombar e quadris também pode ajudar a evitar a dor nos flancos.

Como resolver a dor de facão?

Diminuir os exercícios ou interrompê-los de imediato é a única solução para resolver a dor de facão ou o desconforto.

Lembre-se de que as atividades físicas precisam ser realizadas dentro do limite do corpo, sem causar grandes desconfortos, dores ou lesões.

Por isso, caso esteja correndo e as dores na lateral do abdômen fiquem intensas, pare de correr e comece a caminhar. Já se estiver caminhando e as dores continuarem, então pare de realizar a atividade e respire lentamente até que o desconforto suma.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário