Joelheira para Correr: tipos, para que serve e benefícios

Descubra para o que realmente serve este acessório e entenda os benefícios e quais os tipos de joelheiras mais usadas para corrida.

Joelheira para corrida

A função principal da joelheira para corrida é proteger o joelho contra impactos, evitando lesões e problemas nas articulações. Contudo, o uso errado do acessório pode prejudicar o atleta. Por isso, antes de aderir ao uso, procure auxílio médico.

O uso pode ser aderido por atletas profissionais ou amadores em diferentes situações e é importante ressaltar que escolher a joelheira de acordo com o esporte a ser praticado garante melhores resultados.

O acessório pode trazer alívio da dor para quem sofre com problemas de articulações, no entanto, saiba que o uso contínuo da joelheira não elimina a origem do problema.

Sendo assim, procure ajuda médica sempre que houver necessidade, principalmente quando houver lesões ou dores agudas e constantes.

Para que serve a joelheira para corrida?

O uso do acessório serve para reduzir os impactos no solo e ainda evitar que as lesões já existentes piorem com a prática da atividade física. A joelheira pode ser utilizada em um ou nos dois joelhos e não tem qualquer função limitadora.

Isto é, o praticante da atividade conseguirá movimentar normalmente suas articulações sem qualquer interferência do acessório, apenas sentirá um leve conforto.

Por isso é bom usar a joelheira para correr em casos nos quais o atleta possui dores agudas durante as atividades.

O uso desse acessório para a prática de corridas ou atividades mais intensas só é necessário quando o atleta possui histórico de lesões e problemas relacionados aos músculos e articulações da perna.

Quando o atleta inicia a corrida e este possui o joelho em ótimas condições físicas, o uso do acessório não se faz necessário. Contudo, ao dar continuidade às atividades e com o aumento da intensidade, o uso da joelheira pode ser iniciado.

Lembre-se que o indicado é procurar um médico ortopedista antes de iniciar o uso do acessório, pois existem diversos modelos de joelheira e cada uma deve ser usada de acordo com a recomendação médica.

Veja também:
Fortalecer o Joelho: 7 exercícios que você precisa conhecer
Desgaste no Joelho: Causas, sintomas e tratamento
Joelho estalando: por que acontece, exercícios e fortalecimento

Tipos de joelheira

Existem modelos diferentes, cores distintas e algumas são usadas apenas para a prática de esportes específicos. Confira os três modelos principais e saiba qual a melhor para correr.

Elástica

Indicada para atletas que praticam atividades regulares, seu material é o mais flexível e alguns modelos podem possuir furos no centro. Este detalhe não muda o benefício nem a função principal.

Este é o melhor modelo de joelheira para correr, pois transmite maior segurança ao atleta, auxilia no alívio de dores, possui maior flexibilidade e garante maior estabilidade nas articulações.

Ortopédica

Estes modelos são indicados por ortopedistas em situações nas quais o atleta já possui uma lesão no joelho. Nestes casos, ela compressa a patela, mantendo-a no lugar ou pode, ainda, limitar o movimento do joelho pós-lesão ou cirurgia.

Alguns desses modelos possuem ferros nas laterais e o material acaba sendo mais rígido e pouco maleável, por isso esse modelo é inadequado para quem gosta de correr, pois o material impede a movimentação completa do joelho.

Faixa simples

Diferente das outras, esta é composta por um material mais fino e seu tamanho também é menor comparado aos modelos anteriores. O seu objetivo é aliviar a pressão da patela sobre o fêmur durante a prática de exercício.

É comum que atletas de levantamento de peso deem preferência a este modelo, pois a faixa simples se adapta melhor ao contorno do joelho e seu material é muito mais leve e macio.

Quais os benefícios da joelheira para corrida?

Alguns dos benefícios mais conhecidos são:

  • estimular a circulação sanguínea, diminuindo o inchaço e acelerando a recuperação;
  • diminuir as possibilidades de lesões;
  • manter a temperatura certa no local de uso, fazendo uma compressão adequada ao joelho;
  • proteger o joelho de impactos no solo;
  • aumentar a estabilidade das articulações;
  • aliviar momentaneamente a dor intensa durante a corrida;
  • ajudar a limitar os movimentos de quem sofreu lesões graves ou realizou cirurgias; e
  • manter a estabilidade patelar.

É preciso destacar que quanto mais flexível for o material escolhido menores serão os benefícios do acessório.

Ou seja, a joelheira funciona como uma aliada temporária e seu uso é indicado para a realização de atividades em período de pós-cirurgia.

Em outros casos é preferível procurar a solução definitiva da dor com auxílio médico, pois a joelheira servirá apenas como “muleta”, isto é, não tem a função de curar a origem da dor/desconforto.

É fundamental ter um acompanhamento médico ou de um profissional da área de educação física, visto que a dor pode ter origem devido a prática errada da corrida.

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário