Benefícios do crossfit: o que acontece no corpo

Você sabe quais os benefícios do crossfit para o corpo e para a saúde? Conhece a dinâmica da modalidade? Sabe o que acontece com o sistema cardiorrespiratório durante o treino? Descubra agora todas as vantagens e desvantagens desse esporte.

Benefícios do crossfit: o que acontece no corpo

Os benefícios do crossfit, como a definição muscular, aumento de resistência e de força e liberação de hormônios para o bem-estar, são consequências dos treinos intensos e de curta duração estabelecidos para essa modalidade.

O crossfit ainda traz uma lista com outras vantagens ao praticante, como aumento de concentração e redução de peso, razões pelas quais, nos últimos anos, o número de praticantes da modalidade aumentou significativamente.

Fugindo um pouco dos tradicionais exercícios da academia, possui uma lista de atividades desafiadoras e nada monótonas, seguindo uma ordem clara de aquecimento, com técnica e Workout of the Day (WOD), o que, na tradução literal, significa "treino do dia".

Para que você entenda melhor, saiba que os exercícios são baseados num mix de atividades de remo, ciclismo, corrida, ginástica olímpica e levantamento de peso. Veja um pouco mais!

O que o crossfit faz no corpo?

Resumidamente, o crossfit proporciona maior definição muscular, aumentando o índice de massa magra, fortalecendo os músculos e melhorando a resistência física do atleta.

Porém, saiba que essas mudanças corporais devem vir seguidas de um treino de qualidade e com auxílio de um profissional capacitado na modalidade, além de um acompanhamento nutricional.

O motivo é bem simples: o profissional consegue identificar as limitações do praticante, evitando lesões graves comumente ocasionadas pela execução errada dos movimentos.

A partir do momento em que o atleta realizou uma avaliação física para poder iniciar e está sendo observado por um profissional, as mudanças corporais serão visíveis com o passar dos treinos.

Mesmo possuindo exercícios mais intensos, as atividades precisam ser executadas durante algum período de tempo para que os resultados apareçam. Lembre-se de que nenhum exercício traz resultados imediatos ao corpo e, por isso, paciência e perseverança também fazem parte dos treinos de crossfit.

Além das mudanças em relação à tonificação dos músculos, as sequências de exercícios aplicadas nessa modalidade também auxiliam na perda de peso, pois a intensidade aumenta a capacidade metabólica, levando o corpo a consumir o máximo de oxigênio possível e resultando em um maior gasto energético durante a prática.

Quanto tempo dura o treino?

Os treinos possuem duração de, em média, uma hora e alguns treinadores intercalam os exercícios com tempo de descanso, enquanto outros apenas diminuem na intensidade das atividades que estão sendo realizadas.

Por esse motivo, realizar as avaliações físicas e exames de rotina são tão importantes antes de iniciar os treinos, evitando qualquer risco de acidentes ou lesões mais graves, como já mencionamos.

Quais benefícios do crossfit para a saúde?

Confira agora outros benefícios que podem melhorar o estado físico, mental e emocional do praticante:

  • reduz os riscos de lesão, devido ao aumento de massa muscular;
  • aumenta a resistência muscular e o fortalece;
  • melhora o condicionamento físico;
  • melhora a capacidade cardiorrespiratória;
  • estimula o trabalho em equipe, visto que todos precisam executar os mesmos exercícios;
  • auxilia na flexibilidade;
  • reduz o estresse;
  • ajuda a controlar as crises de ansiedade;
  • melhora a qualidade do sono;
  • promove grande perda calórica durante e pós-treino;
  • incentiva a alimentação saudável;
  • ajuda a prevenir doenças do coração;
  • aumenta a concentração; e
  • desenvolve disciplina.

Com tantos benefícios, você deve estar pensando quais músculos são trabalhados durante esse tipo de treino, não é? Continue a leitura e descubra isso e muito mais!

Quais músculos o crossfit trabalha?

Diferentemente da academia e de outros treinos específicos que malham apenas determinados músculos por vez, a modalidade trabalha o corpo todo e de maneira equilibrada, isto é, sem focar em um único músculo específico por vez.

As atividades intensas trabalham toda a musculatura corporal e respiratória ao mesmo tempo. Sendo assim, o atleta precisa realizar todos os exercícios estipulados pelo treinador para poder obter os resultados corporais que deseja.

O que não acontece, por exemplo, na academia, onde o atleta consegue determinar quais atividades deseja realizar para aumentar a musculatura de determinada região do corpo.

Nos treinos, é preciso realizar todo o quadro de atividades propostas pelo treinador. Além disso, é comum que ocorra o “treino camarada”, em que todos devem manter o mesmo ritmo, caso contrário, é preciso pagar os “castigos” estipulados pelo profissional.

Quais as vantagens e desvantagens do crossfit?

Já apresentamos as principais vantagens corporais e mentais da modalidade, mas, assim como qualquer outro tipo de exercício, existem as desvantagens, que podem inclusive prejudicar a saúde do praticante.

Atletas que iniciam no crossfit sem respeitar seus limites físicos ou com auxílio de profissionais sem capacitação podem estar sujeitos a grandes lesões, entre elas a rabdomiólise, uma lesão muscular que leva pedaços de células musculares para a corrente sanguínea, resultando em uma insuficiência renal aguda entre outros problemas nos rins.

O aumento de acidentes cardiovasculares também deve ser levado em consideração, pois são acidentes com maior probabilidade de acontecer em praticantes de crossfit, devido à alta intensidade dos exercícios, que pode sobrecarregar o sistema cardíaco.

Para evitar, basta realizar exames rotineiros, como de coração, respiratórios e musculares antes de iniciar a modalidade, assim como manter o acompanhamento de um profissional capacitado e de confiança.

O que é melhor: crossfit ou musculação?

Ambos são benéficos à saúde física, mental e emocional de quem os pratica, mas possuem grandes diferenças entre si, sendo a maior delas a maneira como os movimentos são praticados.

Enquanto a musculação consiste em treinos e aparelhos, o crossfit inova a cada aula com exercícios diferentes, poucas repetições e equipamentos diferentes dos tradicionais.

Para aqueles que procuram uma atividade física fora dos padrões e do tradicional, o crossfit traz a chance de se exercitar sem seguir rotinas e treinos monótonos. Contudo, ele não é indicado para todas as pessoas, pois exige bastante força muscular para conseguir realizar os exercícios de peso, saltos e movimentos de ginástica rítmica.

O que não ocorre com a musculação, já que os treinos podem ser personalizados de acordo com a limitação física do praticante, podendo conter exercícios de baixa intensidade e frequência.

Além disso, o crossfit é um esporte praticado em equipe, de modo que os atletas compartilham o mesmo horário e dividem o mesmo circuito de exercício, enquanto na academia de musculação, o treino é realizado de maneira individual, geralmente sem qualquer parceria ou interação com outros praticantes.

A maneira mais simples de escolher entre as modalidades é praticar ambas e considerar aquela que mais trouxe resultados no mesmo período de tempo e, claro, aquela com a qual o praticante mais se identifica.

E aí, você já sabe qual escolher? Gostou de saber um pouco mais sobre o crossfit e tudo o que essa modalidade pode trazer de benefício para a sua vida? Então comece hoje mesmo um plano mais saudável com exercícios físicos e boa alimentação!

Material enviado com sucesso!

Em alguns instantes você vai receber os materiais na caixa de entrada do seu e-mail. Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário